quinta-feira, 15 de setembro de 2016

NOVAPROLE - UMA NOVA GERAÇÃO DE PUNK ROCKERS ADORADORES


Confesso que já a um tempo eu gostaria de falar com eles aqui no blog webzine. A primeira vez que ouvi Novaprole foi num compartilhamento que alguém fez no facebook e eu,curiosamente, ouvi. Me lembrou uma sonoridade como Strike devido ao vocal melódico do vocalista Adriano e na época também guitarrista da banda. A banda tem mais de 6000 seguidores no facebook (até a data de postagem dessa entrevista), muitos acessos no soundcloud (ao qual estou ouvindo no momento dessa escrita) e tive o prazer de conhece-lo pelas redes sociais. Assisti vídeos como a apresentação no Lado B e me choquei com a humildade do Adriano. Já vi pessoas que não tem nem sequer um número considerável de seguidores e já sentir com o rei na barriga, coisa que me espantei com ele. Bom, como é de costume, falei com Adriano sobre essa banda de Curitiba - PR.
(Na foto: Alan Gomez guitarra, Jairo Bastos baixo, Adriano Santos vocal, Jhoow Albers batera)

Vamos para a conversa:

Cristo Suburbano: Quem são o Novaprole e o por quê do nome?

Adriano:  Novaprole é Adriano Santos nos vocais, Jairo Bastos no contra-baixo, Alan Gomez na guitarra e Jhoow Albers na batera. A banda começou com um projeto encabeçado pelo Jairo e por mim, e, tínhamos como objetivo criar uma banda de evangelismo na pegada punk hardcore e que ao mesmo tempo tivesse uma linguagem de louvor e que alcançasse todos os públicos e idades. Durante a formação da banda, muitos amigos ajudaram como ministério nas apresentações ao vivo e hoje, a banda se consolidou com o retorno do Alan Gomez e do Jhoow Albers. Novaprole significa nova geração, que quando começamos, não tínhamos um nome e o Jairo deu a sugestão de usar um nome de uma banda que eu tinha no passado que se chamava Prole7; como queríamos uma nova proposta de som e linguagem achei que por bem também um novo nome que marcasse uma nova fase, daí nasceu "Novaprole".

Cristo Suburbano: Eu percebo pelas letras da banda que ela é focada muito mais em louvores. Vocês pretendem abordar outras temáticas?

Adriano: Sim, as letras da banda são focadas em louvores, isso porque 99% das letras são testemunhos de tudo que tenho vivido e muito mais que louvores, são coisas reais e experiências minhas com Deus, como por exemplo: Posso te tocar foi uma experiência minha de oração nas épocas de monte aonde eu ia percebendo a manifestação de Deus; a musica Palavras é uma experiencia que tive em um encontro com Deus que se trata de um retiro onde não podemos falar e precisamos ficar em silêncio; a música Jonas eu escrevi numa época em que ia desistir da igreja e Deus me surrou com a passagem do livro do profeta; a musica Desesperado foi algo que fiz baseado na relação que tenho de Pai com minha filha que nasceu prematura onde vi a paternidade de Deus em nossas vidas, e até mesmo nossa versão de Faz chover tem uma história especial, pois como minha filha nasceu de 7 meses, muito pequenina, ela era chamada pelos irmãos de pequena nuvem e era esse louvor que cantava para ela no hospital enquanto ela se recuperava. Resumindo: sim posso abordar outras coisas nas músicas, mas sempre serão as minhas experiências com Deus.


Cristo Suburbano: Quais são as influências musicais da banda?


Adriano: O Jairo que é o baixista tinha muitas influências de Reggae, e eu fui mostrando para ele várias bandas, e com o tempo, foi deixando a vibe rastafari (risos) e hoje as bandas que ele mais gosta é o MxPx e o Blink182. O Alan Gomez tem muitas influências dos clássicos da Assembleia de Deus e entre os discos de vinil dele se destacam os de Oseias de Paula e a discografia do Ramones (risos). O Jhoow também assembleiano e do retété, assim como o Alan, curte Oseias de Paula, Dead Fish e Close Your Eyes. Já eu, curto muito as bandas dos anos 90 do hardcore californiano da época que eu era pivete e andava de skate (risos), Nofx, Millencolin, OffSpring e também as brazucas Charlie Brown e Cpm22, mas o que me inspira à escrever é David Quilam, Pastor Cirilo e depois vira essa mistura chamada Novaprole (risos).




Cristo Suburbano: Já vi programas em que a banda participou como o Lado B e achei super bacana. E recentemente, ela fez parte da trilha sonora de um filme. Como tem sido isso para vocês?


Adriano: Sobre o Lado B e a trilha do Filme, ambas foram duas coisas muito interessantes que aconteceram porque assim como você viu, nossas letras abordam a questão da adoração vertical entre o homem e Deus e o programa Lado B, tanto como a produtora do filme, no caso a Makina Cultural, ambos não são cristãos e não tem como foco o público cristão e mesmo assim, nos convidaram para os trabalhos e nos trataram super bem. Nisso tudo, pude ver o agir de Deus nos usando para chegar nesses veículos e eu chamo isso de milagre, realmente ficamos super felizes e surpresos por todas essa coisas, Deus é bom demais.

Cristo Suburbano: Vocês têm projetos futuros?

Adriano: Sobre os projetos futuros, estamos trabalhando esse ano em um novo Clip que se Deus quiser vai sair no final de outubro; também em novas músicas que logo estarão no novo CD que vai se chamar Atitudes e a pegada vai ter a mesma cara do primeiro, porém um pouco mais pesado; muitas da guias já estão gravadas, porém devido ao tempo e muitas dificuldade ainda não temos uma data de previsão para o lançamento do novo álbum.

Cristo Suburbano: Geralmente, eu pergunto isso para todas as bandas com as quais converso. Fale algo sobre Jesus para o caro leitor do blog.

Adriano: Sempre fui o tal do bad boy envolvido com tudo tipo de rebeldia clássica do jovem cabeça de vento (risos) e se não fosse pelo amor e misericórdia de Jesus Cristo, eu teria 99% de chances de não estar aqui escrevendo. Pois como diz a palavra de Deus: o salário do pecado é a morte; o nosso cotidiano é envolvido de diversas circunstâncias para promover a morte e a vida por si só é muito frágil para desperdiça-la em aventuras momentâneas que tragam qualquer tipo de satisfação a nossa carne. A vida tem um propósito muito maior do que nosso raso entendimento e basta dar uma chance a voz de Deus, pois seu filho Jesus o Cristo levou todas as nossas dores e aflições naquela cruz, nos mostrando que sim, Deus nos ama e o seu amor se prova exatamente naquilo que não podemos entender, pois Ele nos deu seu filho por amor de nós e nos resgatou de nós mesmos.


Como pode conferir, os links para baixar e seguir a banda estão abaixo:






















Nenhum comentário: